Scanner Automotivo: Sangria do Freio ABS

troca do fluido de freio com abs

Sistemas modernos de freio requerem a atualização via software quando a manutenção dos freios é feita. Confira a seguir como realizá-la

O fluído de freio, possui vida útil, tanto em sistemas convencionais, como também quando há o recurso de antitravamento (ABS). A periodicidade de troca é indicada no manual do proprietário, porém também pode-se utilizar como base o período de 2 anos.

Com o tempo, o fluído absorve água e aos poucos, essa característica acaba prejudicando a eficiência dos freios, além de comprometer outros itens do sistema.

O sistema de freio com ABS (Antiblock Braking System) em português – Sistema de Freios Antiblocante – começou a ser utilizado na aviação e mais tarde, aplicado a veículos urbanos, comerciais leves e também pesados.

Com a Resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) 311, publicado em 2009, todos os veículos a partir de 2014 deveriam sair de fábrica com freios ABS como item obrigatório, melhorando a segurança na condução e no trânsito.

Funcionamento do freio ABS

O sistema ABS consiste em evitar o bloqueio das rodas do veículo quando ocorrer uma solicitação brusca do sistema de frenagem.

Veja Também:

Scanner Automotivo: Função Osciloscópio e Multímetro

Scanner automotivo: Análise de Bicos Injetores

O sistema ABS evita o bloqueio utilizando para isso o cálculo individual de cada roda, por meio de sensores modulando a pressão hidráulica do fluido de freio, além de pulsos elétricos e assim equilibrando as velocidades das rodas.

ABS, freio, sistema
Sistema ABS

Fonte: Indústria Hoje

Normalmente nos carros de passeio, o ABS inclui uma unidade de controle eletrônico (ECU), quatro sensores de velocidade das rodas, e pelo menos duas válvulas hidráulicas que equipam os freios.

A ECU monitora constantemente a velocidade de rotação de cada roda e se detectar uma grande diferença de rotação lenta da roda em relação à velocidade do veículo, indicando o bloqueio iminente da roda, realiza o acionamento das válvulas reguladoras de pressão para reduzir a pressão hidráulica no freio na roda afetada. Os freios ABS agem para fazer com que o carro reduza a velocidade gradualmente sem ocasionar a derrapagem do veículo.

Manutenção do sistema ABS

As recomendações para a manutenção dos veículos mais modernos sobre o sistema de freio ABS são:

  • Fazer a troca no fluido no momento correto
  • Verificar as partes mecânicas dos freios

Ainda o sistema de freio ABS utiliza o DOT 4 ou 5 e nunca deve ser utilizado o DOT 3 por não atender as especificações técnicas do sistema.

Substituição do fluido de freio

Os freios ABS requerem uma manutenção cuidadosa durante a sangria do sistema, evitando que o ar entre no módulo hidráulico, o que causaria sérios problemas no funcionamento do sistema.

Cada sistema ABS possui um procedimento distinto para realizar a sangria de freio, havendo a necessidade de consultar manuais técnicos e até mesmo alguns veículos requerem o uso dos Scanners.

Confira a seguir, os procedimentos e dicas para realizar a sangria do fluido de freio com o scanner automotivo Bosch KTS 340 do canal DOUTOR CARRO

Cuidados!

Fique atento em relação a contaminação por partículas, sujeira no fluído e a elementos que possam contaminar o sistema hidráulico, pois o freio ABS é muito sensível.

Durante a troca de pastilhas, é muito importante recolher as pinças de freio, para evitar danos aos pistões do sistema de freio e assegurar que o fluído não vaze na unidade hidráulica.

Crédito da foto de capa do Blog: PXHere

Comentários

Newsletter - Receba grátis conteúdo sobre mecânica

SIGA O CANAL DA PEÇA

Marcas

Marketplace

Oficinas Parceiras

Anuncie sua marca!

GetNinjas
PneuStore
C6Bank

Receba grátis conteúdo sobre mecânica

Utilizamos cookies para proporcionar a melhor experiência de navegação dos nossos usuários. Confira os detalhes na nossa Política de Privacidade

Newsletter
Receba grátis conteúdo sobre mecânica

Receba grátis conteúdos sobre mecânica