A paixão por carros muitas vezes vem de família. Um pai, tios, primos, no caso desse Voyage, o pai do Edmar sempre teve a família “quadrada” da Volkswagen na garagem.

O Voyage Sport foi uma opção para o público jovem. Oferecia os mesmos opcionais do Gol GTS: bancos Recaro, rádio com disqueteira, vidros e travas elétricas, faróis de neblina instalados no para-choque, direção hidráulica e mais alguns itens, foi a versão topo de linha do Voyage.

Propaganda Voyage Sport
Propaganda Voyage Sport (foto: publicidade Volkswagen)

Diferente das demais versões do Voyage, ainda recebia borrachões cinza claros, para-choques pintados na sessão inferior na cor do carro e lanternas traseiras traseiras fumê.

Suspensão fixa rebaixada e rodas BBS aro 15 Voyage Sport
Suspensão fixa rebaixada e rodas BBS aro 15 (foto: reprodução Canal da Peça)

O carro é impecável, com rodas BBS aro 15 calçadas com pneus medida 195/45, suspensão baixa, carroceria muito alinhada, com vidros traseiros basculantes, farois Arteb, bancos Recaro do Gol GTS, painel com marcação de RPM e marcando 220 km/h, toca fitas, disqueteira original com módulo Aquárius, radio Volksline de época , spoiler lateral do Gol GTI, maçanetas do Santana mas, a história não começa por aí.

Volkswagen Voyage Sport Turbo
O carro não é só de exposição, Edmar usa ele para acelerar na pista (foto: reprodução Canal da Peça

Assim como outros aficionados por carros antigos, a pressão da família era para que ele comprasse um carro mais novo. Durante um tempo, teve um Vectra que supria suas necessidades. O Vectra foi roubado e recuperado, posteriormente foi trocado por um Escort. Apesar do Vectra e de alguns Escorts, o Voyage ainda estava presente nos seus pensamentos.

Depois de um bom tempo caçando, conversando com um cliente em sua loja, ele comentou que tinha um Voyage Sport e foi uma surpresa pois apesar de estar um pouco feio, ele estava ótimo de estrutura e os anos de Escort e Vectra lhe ensinaram o que era um carro com futuro.

Veja Também:

Voyage: mais de 35 anos de história

Como é feita a retífica do cabeçote AP

Reloginhos de Pressão, Óleo e Combustível do Voyage
Reloginhos de Pressão, Óleo e Combustível do Voyage

Negócio fechado no Voyage, começou o projeto Turbo. Aproveitando o motor 1.8s com comando 49g, câmbio com relação curtas, também usada no Gol GTS, ele incluiu um cabeçote 2.0, velas da DT200, coletor pulsativo, turbina Garret .48 rodando com 1 bar de pressão, carburador 2E, manta térmica no coletor e uma válvula para controle do ronco do escapamento, para não chamar atenção na hora de passar na frente da polícia, ninguém quer causar problemas. Também foi instalado um alternador de Fox, freios de Gol G3 com discos ventilados, fluído de freio DOT 5. No dinamometro veio 215 cv de potência porém, não foi medido com a configuração atual, a ideia é que ele tenha chegado a 250 cv.

Confira no vídeo abaixo essa história e veja o Voyage acelerando com esse ótimo motor ap turbinado

Uma das maiores conquistas de ter um “quadrado”, são os amigos que se faz. Muitas das coisas que o Edmar fez, foi com apoio desses amigos, sempre dando dicas de como montar um belo carro. Ele conseguiu um ótimo resultado.

Crédito da foto de capa: Canal da Peça

Encontre lojas que entregam peças relacionadas a matéria:

Motor
Coletores
Filtro de ar
Pistões

Comentários