Freios ABS: tudo o que você precisa saber

resultado de imagem: freios abs

Tão importante que se tornou item obrigatório nos carros novos, os freios ABS garantem o aumento da segurança em frenagens de emergência

O sistema ABS, proporciona uma frenagem controlada, reduzindo sensivelmente o risco de derrapagem.

Eles evitam que as rodas agarrem e derrapem quando o motorista aciona a frenagem de forma brusca. O que permite que ainda haja um correto controle sobre o carro.

Veja Também:

14 Dicas para a Troca de Pastilhas e Discos de Freio!

Confira Como Realizar a Manutenção do Freio a Tambor

Mas você sabe como surgiu e como funciona esse sistema de frenagem?

O que significa “freios ABS”?

ABS vem do inglês “Antilock Breaking System”, em português significa “Sistema de Freio Antitravamento”.

Esse equipamento é automatizado e seguro porque impede que as rodas do carro percam contato de tração com a superfície de rodagem.

disco de freio marcas

Os discos de freio podem sofrer com aquecimento e marcas de desgaste irregular

O sistema ABS é composto por diversos sensores que monitoram a rotação da roda do veículo e realiza a comparação com a sua velocidade. Os sensores encaminham as informações para a central de controle do ABS.

Veja também: Quais são as diferenças entre os fluidos de freio do Canal da Peça

Caso detecte que uma roda travará, a central entra em ação, controlando a pressão de frenagem, garantindo que o travamento da roda não ocorra.

Como surgiram os freios ABS?

Os primeiros sistemas foram desenvolvidos para uso em aeronaves no ano de 1929, pelo pioneiro francês da aviação Gabriel Voisin.

O equipamento empregava um volante e uma válvula, ligados a uma linha hidráulica que alimentava os cilindros de travagem.

Gabriel Voisin (Fonte: The Torque)

O volante era acoplado a um tambor que girava com a mesma velocidade que a roda, abrandando o movimento desta quando o sistema era acionado.

Na década de 1950, os freios antitravamento começaram a ser testados com sucesso em motocicletas.

Devido à evidente instabilidade desses veículos e ao envolvimento com derrapagens e acidentes de grandes proporções.

As distâncias de paragem foram reduzidas na maioria dos testes, em comparação com a travagem dos freios comuns, particularmente em superfícies escorregadias.

Um sistema ABS totalmente mecânico teve uso automobilístico limitado na década de 1960.

freagem descontrolada
A frenagem sem uso do ABS pode gerar descontrole do veículo em velocidade acentuada (foto: Shutterstock)

Os carros de corrida Ferguson P99 e Jensen FF, e também no veículo experimental Ford Zodiac, mas foi descontinuado por ainda se mostrar caro e pouco confiável.

Mas outras pesquisas continuaram e, no final da mesma década, um sistema ABS totalmente eletrônico foi desenvolvido para o avião Concorde.

Na década de 1970, equipamentos mais seguros e modernos foram aperfeiçoados e começaram a ser desenvolvidos por muitos fabricantes de automóveis.

Como funcionam os freios ABS?

Existem vários modelos de freios ABS, mas seu conceito é bem simples.

Existem quatro componentes principais em um sistema ABS: sensores de velocidade, bomba, válvulas e unidade controladora.

Os sensores de rotação estão localizados geralmente em cada roda.

Eles servem para monitorar a rotação dos pneus e indicar quando eles estão prestes a travar.

Em uma situação de frenagem de emergência, os sensores de velocidade avaliam a velocidade de rotação das rodas e passam essas informações ao controle do ABS.

Essa peça, que também controla as válvulas, ajusta a pressão de frenagem individualmente em cada roda.

Sistema de freio ABS
Sistema de freio ABS

Fonte: Autos

 

As válvulas ficam nas tubulações específicas de cada freio e uma vez que liberam a pressão na linha de freio, a bomba a repõe.

As pastilhas do freio fazem também um movimento diferente.

Envés de prensar e travar o disco, a pastilha aperta o disco rapidamente, evitando que ele trave e perca o controle.

O trabalho de redução e reforço da pressão no freio permite que o pneu desacelere de forma integrada com o carro.

Isso deixa as rodas de maneira próxima ao ponto de travamento, mas sem permitir o deslizamento do carro ou um prejuízo de estabilidade, tendo como resultado um superior potencial de frenagem.

Confira este vídeo do canal Dispemec que explica o funcionamento do sistema de freio ABS!

Crédito foto de capa: Shutterstock

Crédito de texto: Notícias Automotivas e Academia Edu

Encontre lojas que entregam peças relacionadas a matéria:

Motor
Lonas de Freio e Tambor
Pastilha de Freio
Disco de Freio
Tubos e Mangueiras de Freio
Sensor de Freio

Comentários

Newsletter - Receba grátis conteúdo sobre mecânica

SIGA O CANAL DA PEÇA

Marcas

Marketplace

Oficinas Parceiras

Anuncie sua marca!

GetNinjas
PneuStore
C6Bank

Receba grátis conteúdo sobre mecânica

Utilizamos cookies para proporcionar a melhor experiência de navegação dos nossos usuários. Confira os detalhes na nossa Política de Privacidade

Newsletter
Receba grátis conteúdo sobre mecânica

Receba grátis conteúdos sobre mecânica